Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Linha do Tempo da Estácio - "Em 1970"

A partir de um projeto pedagógico inovador, criado por nosso fundador, o magistrado João Uchôa Cavalcanti Netto, nasce numa pequena casa na Zona Norte do Rio de Janeiro, a Faculdade de Direito Estácio de Sá. Em pouco tempo, o curso se torna um modelo de ensino na área de Direito no Brasil..

Posts Recentes!

Quais são as Profissões mais Estressantes no Mundo?

Está se preparando para escolher uma carreira para seguir no futuro? Pois saiba que além de questões referentes à remuneração e ao mercado de trabalho em si, também é importante levar em consideração aspectos referentes à influência da profissão na saúde mental do trabalhador, uma vez que diversas áreas são conhecidas pelas suas profissões estressantes.

A importância desse destaque se dá pelo fato de que independentemente da paixão à profissão, atividades mais desgastantes psicologicamente e, portanto, estressantes, tendem a causar problemas em longo prazo e deixar de serem viáveis ao indivíduo que deve lidar com pressão diária.

Dica: Faça sua graduação na Estácio. Conheça agora os cursos https://matriculas.estacio.br!

Profissões estressantes: Quais são as que mais se destacam no mercado de trabalho?

Existem diversas atividades laborais que são conhecidamente estressantes em razão de sua natureza. Dessa maneira, é importante que o candidato que se interesse pela área tenha isso em mente e leve esse fato em consideração para fins da escolha profissional.

Confira nossa lista com as 9 profissões consideradas as mais estressante do mercado de trabalho atual.

1.  Profissionais de Tecnologia da Informação (TI)

A área de Tecnologia da Informação (TI) tem apresentado grande crescimento nos últimos tempos, o que se deve ao grande desenvolvimento tecnológico ocorrido nas últimas décadas, assim como à globalização e popularização da internet.

Profissões estressantes

Essa área necessita de trabalhadores qualificados, de forma que as vagas de emprego dela ainda encontram dificuldade para serem preenchidas. Isso faz com que profissionais da área muitas vezes tenham que acumular trabalhos que seriam feitos por outros colegas, o que a torna uma profissão estressante.

2.  Médicos

Traçar uma carreira na área de medicina é sonho de inúmeros cidadãos brasileiros, sendo que não por acaso esse curso costuma ser o mais disputado nos vestibulares realizados nas instituições de ensino superior brasileiras.

Contudo, essa é uma das profissões mais estressantes em razão da responsabilidade atribuída aos profissionais que devem lidar com a vida de terceiros e tomar decisões importantes quanto à saúde.

3.  Operador de Telemarketing

O operador de telemarketing é outra profissão estressante na medida em que as atividades laborais consistem em entrar em contato com clientes ou possíveis consumidores para colher informações sobre a qualidade dos serviços prestados pela empresa ou promover vendas, assim como negociar dívidas.

Nesse viés, é muito comum que esses profissionais sejam alvo de xingamentos e reclamações, o que não se deve à qualidade de seu serviço, mas à própria natureza dele.

4.  Professor

A profissão de professor esbarra em diversos problemas que podem sobrecarregar os profissionais envolvidos.

Profissões estressantes

Além de muitas vezes demandar altas jornadas, além de trabalho realizado em casa a fim de desenvolver as atividades que serão feitas em sala de aula, muitas vezes a remuneração não corresponde ao labor demandado.

Também, cabe ressaltar que uma vez que os alunos possuem tempos diversos de aprendizado e também comportamentos inúmeros na sala de aula, isso pode se tornar muito desgastante, de forma que essa é, inegavelmente, uma profissão estressante.

5.  Engenheiro

As profissões que envolvem a engenharia também estão entre as que se mostram mais desgastantes intelectualmente ao profissional. Isso independe da área de engenharia, seja elétrica, civil ou outras.

Essa é uma profissão estressante em razão do nível de responsabilidade que exige, assim como da disponibilidade do profissional em horários diversos, como no caso de obras que exigem acompanhamento do engenheiro civil.

6.  Gerente Financeiro

As atividades de um gerente financeiro demandam o balanço de finanças, fechamento de contas, relatórios financeiros e organização de todas as movimentações financeiras realizadas por uma empresa ou indivíduo.

Dessa maneira, ela pode ser uma profissão estressante na medida em que há responsabilidade sobre finanças alheias, assim como necessidade de indicação dos melhores negócios, o que pode não se comprovar na prática.

7.  Coordenador de Recursos Humanos

Os coordenadores de recursos humanos (RH) também estão dentre os mais afetados pelo estresse gerado pelo trabalho. Isso se deve, novamente, ao nível de responsabilidade que eles possuem, assim como a necessidade de realizar operações delicadas, como demissão e contratação de funcionários com os quais muitas vezes eles possuem uma relação de amizade.

8.  Gerente de operações

As atividades do gerente de operações correspondem à verificação da realização correta das atividades de uma produção, assim como na correção de eventuais problemas.

Dessa maneira, ela demanda grande atenção e pode levar a inúmeros prejuízos à empresa caso um desses erros não seja identificado a tempo. Nesse viés, ela também é considerada uma profissão estressante.

9.  Operários

Por fim, os trabalhos realizados por operários também resguarda grandes níveis de estresse, independentemente do tipo de atividade da fábrica ou indústria em que se presta trabalho. Isso se deve às longas jornadas, assim como o cansaço físico que tem reflexos psicológicos e pode afetar em grande escala os profissionais.

Apesar de algumas pessoas serem menos suscetíveis ao estresse do que outras, é importante que o cidadão leve em consideração a possibilidade de altos níveis de cansaço psicológico causado pelas atividades.